terça-feira, 5 de maio de 2009

Maio, mês mariano


Maio, mês de Nossa Senhora. O Papa João Paulo II, peregrino da paz e da esperança, profundamente mariano, não se cansava de nos lembrar a importância da devoção filial a Maria.
Quando da sua visita ao Brasil, na homilia que proferiu no Santuário de Aparecida, no dia 04.07.1980, o Papa nos disse:

"Sei que há pouco tempo, em um lamentável incidente, despedaçou-se a pequenina imagem de Nossa Senhora Aparecida. Contaram-me que entre os tantos fragmentos foram encontradas intactas as duas mãos da Virgem, unidas em oração. O fato vale como um símbolo: as mãos postas de Maria no meio das ruínas são um convite a seus filhos a darem espaço, em suas vidas, à oração, ao absoluto de Deus, sem o qual tudo o mais perde sentido, valor e eficácia. O verdadeiro filho de Maria é um cristão que reza. A devoção a Maria é fonte de vida cristã profunda, é fonte de compromisso com Deus e com os irmãos. Permanecei na escola de Maria, escutai sua voz, segui seus exemplos."

Na mesma homilia, o Papa lembrou ainda: "E vós, devotos de Nossa Senhora, conservai zelosamente este terno e confiante amor à Virgem, que vos caracteriza. Não o deixeis arrefecer nunca. E não seja um amor abstrato, mas encarnado. Sede fiéis àqueles exercícios de piedade mariana tradicionais na Igreja: a oração do Angelus, o mês de Maria e, de maneira toda especial, o Rosário."

Fonte: Revista Mensageiro do Coração de Jesus - vol 91 - nº 1030
.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...