quarta-feira, 27 de maio de 2009

Plantar para colher


“...Mas tu, ó SENHOR, me conheces e me vês, e sabes que o meu coração está contigo...”! (Jer 12, 3)

Tudo o que queremos colher em nossa vida, precisamos plantar. As sementes nos são fornecidas pelo Senhor. O Espírito Santo já derramou o amor no nosso coração, e Jesus já nos deu a sua paz.

A Palavra de Deus é vida e poder para a salvação de todo aquele que crê. Então, temos uma mesa farta à nossa disposição para dela partilharmos e levarmos as sementes aos outros corações. Quer creiamos ou não, estamos sempre plantando. Plante boas sementes.

Todas as pessoas que pararam no meio do caminho nunca alcançaram uma grande conquista. Sua conquista somente virá com perseverança. Muitas vezes não estamos vendo resultados, mas é a perseverança que faz com que eles aconteçam.

Ninguém conquista um novo limite sem pagar um preço. Qual a conquista que você deseja? Este é o preço proporcional que você deve pagar por ela.

A bíblia nos ensina a remir o tempo, a usá-lo com sabedoria, um dos maiores problemas que nos impede de termos uma grande conquista é a distração. As pessoas perdem o foco com muita facilidade, elas se distraem com qualquer coisa que não é o seu objetivo, isso te faz perdem tempo e tempo é vida.

Todos os dias antes de dormir faça uma pergunta a si mesmo: O que eu fiz hoje que me levou mais perto de alcançar o meu propósito?

Invista seu tempo nas coisas certas e sempre comece com aquilo que vai te levar a sua conquista pessoal, invista seu tempo em primeiro lugar na presença de Deus.

Conquiste o tempo e você será um grande conquistador.
Amem!
.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

O coração imaculado da Mãe de Deus

Nossa Senhora, a imaculada, a Virgem Santíssima, a cheia de graça, a bendita entre as mulheres, está em nossas vidas desde antes de nascermos, nas orações de nossas mães e outros parentes.

Mas como seria a vida interior de Nossa Senhora?

São Macário do Egito¹ pode nos ajudar a ter uma pequena visão do que seria esta maravilha: o coração imaculado da Mãe de Deus! Na verdade, Macário pensava em descrever para seus discípulos como é o coração de alguém dedicado inteiramente a Deus!

E quem tem um coração assim senão a Virgem Puríssima?


"Às vezes eles estão como que mergulhados em tristeza e pranto pelo gênero humano. Desfazem-se em lágrimas pelo ardente amor que nutrem para com a humanidade (Nossa Senhora de La Salette)!

Outras vezes, pelo contrário, são inflamados pelo Espírito Santo de tanta alegria e amor que, se fosse possível, levariam todos no seu coração,
sem nenhuma distinção: os bons e os maus
(Nossa Senhora Auxiliadora, refúgio dos pecadores).


Outras vezes ainda, pela sua humildade,
sentem-se abaixo de todos os outros
(Nossa Senhora da Visitação)...


Frequentemente, sua alma repousa num místico silêncio,
na tranquilidade e na paz (Nossa Senhora Rainha da Paz)...


Recebe dons espirituais de inteligência, de sabedoria inefável
e de indescritível conhecimento do Espírito. E assim a graça instrui
sobre coisas que não se podem explicar com a língua,
nem expressar com palavras (Nossa Senhora, sede de sabedoria).


Outras vezes, pelo contrário, comportam-se como pessoas comuns
(Nossa Senhora, virgem de Nazaré)..."



_________
¹ Raniero Cantalamessa - Maria, um espelho para a Igreja - Aparecida, Santuário, 1992, p.134

Fonte: Revista Mensageiro do Coração de Jesus - vol 115 - nº 1270
.

domingo, 24 de maio de 2009

Nossa Mãe, Maria!


Nossa Mãe, Maria!
Queremos seguir os teus passos, Mãe querida!
Vem trazer-nos tuas bençãos para renovar nossa vida.
Amém!

.

terça-feira, 5 de maio de 2009

Maio, mês mariano


Maio, mês de Nossa Senhora. O Papa João Paulo II, peregrino da paz e da esperança, profundamente mariano, não se cansava de nos lembrar a importância da devoção filial a Maria.
Quando da sua visita ao Brasil, na homilia que proferiu no Santuário de Aparecida, no dia 04.07.1980, o Papa nos disse:

"Sei que há pouco tempo, em um lamentável incidente, despedaçou-se a pequenina imagem de Nossa Senhora Aparecida. Contaram-me que entre os tantos fragmentos foram encontradas intactas as duas mãos da Virgem, unidas em oração. O fato vale como um símbolo: as mãos postas de Maria no meio das ruínas são um convite a seus filhos a darem espaço, em suas vidas, à oração, ao absoluto de Deus, sem o qual tudo o mais perde sentido, valor e eficácia. O verdadeiro filho de Maria é um cristão que reza. A devoção a Maria é fonte de vida cristã profunda, é fonte de compromisso com Deus e com os irmãos. Permanecei na escola de Maria, escutai sua voz, segui seus exemplos."

Na mesma homilia, o Papa lembrou ainda: "E vós, devotos de Nossa Senhora, conservai zelosamente este terno e confiante amor à Virgem, que vos caracteriza. Não o deixeis arrefecer nunca. E não seja um amor abstrato, mas encarnado. Sede fiéis àqueles exercícios de piedade mariana tradicionais na Igreja: a oração do Angelus, o mês de Maria e, de maneira toda especial, o Rosário."

Fonte: Revista Mensageiro do Coração de Jesus - vol 91 - nº 1030
.

sábado, 2 de maio de 2009

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Nunca mais...


Nunca mais direi "não posso", pois: "Tudo posso Naquele que me fortalece." (Filipenses 4:13)

Nunca mais direi "não tenho", pois: "o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir em Cristo Jesus, cada uma de minhas necessidades." (Filipenses 4:19)

Nunca mais direi "tenho medo", "porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, amor e moderação." (2Timóteo 1:7)

Nunca mais direi "tenho dúvidas ou falta de fé", porque tenho "a medida da fé que Deus repartiu para cada um." (Romanos 12:3)

Nunca mais direi "sou fraco", porque "o Senhor é a fortaleza da minha vida." (Salmo 27:1)

Nunca mais direi "sou derrotado", porque Deus "em Cristo sempre me conduz em triunfo." (2Coríntios 2:14)

Nunca mais direi "não tenho sabedoria", pois "Cristo Jesus se tornou, da parte de Deus, (minha) sabedoria." (1Coríntios 1:3)
.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...