domingo, 27 de abril de 2008

Amar, amar

Não, já não posso ser, como sempre fui, tenho que mudar.
Já, posso começar, pois para viver, tenho um ideal.

Amar, amar e a própria vida dar,
e assim viver e não voltar atrás


Hoje, entendi enfim, que devo morrer, se quero nascer.
Pois, é morrendo que, sei que chegarei à eternidade.
.

6 comentários:

Ricardo Silva disse...

Bom dia Sandra.

Gostaria de saber de quem é esta música.

Agradeço.

Ricardo Silva

Ricardo Silva disse...

Bom dia Sandra.

Gostaria de saber de quem é esta música.

Agradeço.

Ricardo Silva

layse disse...

Oi tudo bem...
gostaria de saber o nome
dessa musica e por quem é cantada
desde já agradeço.
Layse

Anônimo disse...

Essa música é da Comunidade Missionária de Emaús..

Virgínia Tesini disse...

Oi essa música é do Movimento dos Focolares do meu tempo de juventude com Gen2, geração nova dos Focolares. Pode ser que a comunidade missionária Emaús a cante, mas foi feita por uma jovem deste movimento.

Anônimo disse...

Conheci, esse hino, no movimento focolares, quando fazia parte do gen 3, em Joaquim Nabuco PE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...