sábado, 3 de agosto de 2013

Luto pelos inocentes

A vida humana é um dom de Deus, desde a sua origem na concepção até o seu fim último. Em todas as suas fases, a vida humana deve ser respeitada e sua dignidade promovida, porque a pessoa humana foi criada à imagem e semelhança de Deus. Sendo assim, rejeitemos toda atitude de violência e agressividade em relação ao dom da vida humana. 

O Beato Papa João Paulo II afirma, em sua Encíclica "O Evangelho da Vida", que "Nem tudo o que é permitido pela lei civil é lícito eticamente". 

Senhor da Vida, que a Vossa Misericórdia nos alcance! Desde o momento da concepção a vida quer ser vivida, num lindo, misterioso e milagroso desenvolvimento. Como diz o salmista “Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe” (Salmo 139.13).



É uma pobreza decidir que uma criança deva morrer para que você possa viver como deseja.
(Madre Teresa de Calcutá)

Por acaso o mandamento "Não matarás" prevê alguma exceção?
(Beato Papa João Paulo II)

Aqueles que não apreciam suficientemente o valor da vida humana e, em consequência defendem por exemplo o aborto, talvez não percebam que, desse modo, propõem a busca de uma paz ilusória (...) A morte de um ser inerme* e inocente nunca poderá trazer felicidade ou paz.
(Papa Bento XVI)
* Inerme = adj.: que não tem armas ou meios de defesa. Sinônimo: desarmado, indefeso

É Deus que dá a vida. Respeitemos e amemos a vida humana, especialmente a vida indefesa no ventre de sua mãe.
Defenda o nascituro contra o aborto mesmo que te  persigam, te caluniem, montem armadilhas contra ti, te levem às barras do tribunal ou te matem.
(Papa Francisco)



E para quem é a favor do aborto, fica a pergunta:
Como ser a favor do aborto se você já nasceu?

Fontes: Canção Nova e Facebook Por uma Cultura da Vida

3 comentários:

Anderson Ribeiro disse...

Sandra, que triste notícia vemos nas mídias, logo após um momento tão importante e significativo para nosso país...realmente é lastimável de se ver!
Grande abraço!

Célia Rangel disse...

Sandra!
Podemos rebater essa lei com nossa atitude... não aderirmos à mesma... Assim perderá a força!
Bj.

Fisio Catarina Sampaio disse...

É de uma covardia e desumanidade , imensurável esse tipo de ato. Parabéns pelo texto bem elaborado, e essa luta é minha também, não nos é dado esse direito. Xêro!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...