terça-feira, 8 de setembro de 2015

Natividade de Nossa Senhora

“O começo da salvação da humanidade”


A Igreja celebra o nascimento de Nossa Senhora no dia 08 de setembro, nove meses após a sua Imaculada Conceição, em 08 de dezembro.

Essa festa teve origem em Jerusalém, no século V, como festa da Basílica de Santa Ana, a mãe de Nossa Senhora. No século VII passou a constar no calendário litúrgico.

Segundo o Evangelho Apócrifo (não oficial) de São Tiago, os pais de Maria, Joaquim e Ana, já eram idosos e estéreis. Mas Deus ouviu as suas orações. Eles viviam em Jerusalém, onde hoje se localiza a Basílica de Santa Ana.

O nascimento de Maria foi em um sábado, 08 de setembro do ano 20 a.C.. Ela recebeu o nome de Miriam, que me hebraico significa “Senhora da Luz” e foi traduzido para o latim como Maria. Ela foi oferecida no Templo de Jerusalém aos três anos, onde permaneceu até os doze, realizando alguns trabalhos.

Nenhum acontecimento extraordinário acompanhou o nascimento de Maria: nenhuma profecia, nem aparições de anjos. Os Evangelhos não dizem nada a respeito, porém São João Damasceno afirmou que o nascimento de Maria, a partir de uma mãe estéril, já foi um sinal das bênçãos especiais que Ela recebeu. Disse São João: “Hoje é o começo da salvação do mundo, porque nos foi gerada a Mãe de Deus, através de quem o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo, nos foi gerado”.
 
A Igreja ensina que Maria foi concebida de modo natural, mas que foi preservada miraculosamente do pecado original para ser a Mãe de Jesus Cristo. Essa concepção é chamada de Imaculada Conceição, dogma proclamado em 1854 pelo Papa Pio IX e confirmado pela própria Mãe de Deus, em 1858, em sua aparição à Santa Bernardette Soubirous, em Lourdes, na França. Em uma das aparições à Bernardette, Maria afirmou: “Eu sou a Imaculada Conceição”.

Fonte: Revista Brasil Cristão

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...